o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

sábado, 7 de julho de 2018

Convivio Anadia 2018

1ª- Ruivo, Milo, Gaspar, Silva, Parreirinha, Castro, Neves, Parreira, e Nunes. 2ª- Monteiro, Rego, Berinjel, Rodrigues, Barros, Cesar, Carrusca, Oliveira, Dinis. 3ª- Aguas, Gonçalves, Pires, Beja, Raul, G. Ribeiro, Carvalho. 4ª- Duarte, Melo, A. Oliveira, Serafim, Pereirinha, Carmo, Fonseca Marques.
Fomos recebidos este ano na Anadia, pelo casal António Duarte e Madalena, organizadores desta nossa festa, a quem felicitamos e agradecemos a organização deste excelente 13º encontro, na rota da Bairrada que compreende, locais muito bonitos e atraentes, tais como; Coimbra, Anadia,  Mealhada, Curia e Buçaco.
Região de excelência, na confecção do leitão, iguaria inigualável no mundo, é nesta zona que o sentido do paladar nos levará ao aroma de um Bísaro assado no forno, fumegante a chegar à mesa, temperado de manteiga e pimenta, adornado de batatas fritas e duma bela salada de alface, para degustar este manjar crocante, nada melhor que um excelente vinho autóctone, espumante bruto da casta baga.
Roteiro muito interessante com visitas no concelho de Águeda, às Aldeias Serranas da Lourizela e Macieira de Alcoba,  na Anadia, as emblemáticas Adega Luís Pato e Caves S.João. Na vila de Sangalhos as Caves Aliança e o Museu Berardo, são visita obrigatória à Colecção de figuras em terracota com mais de 1500 anos, da antiga cultura Bura-Asinda-Sika que começa no Níger, depois o Zimbabué, com estátuas, máscaras e armas de artistas Tengenenge, o Brasil, com centenas de minerais raros, e a terminar  uma colecção paleontológica, de fósseis vindos da Argentina, com mais de 20 milhões de anos) de seguida uma visita guiada no subterrâneo da adega para acompanhar o ciclo da fermentação do espumante.
No Luso a Serra do Buçaco a Cruz Alta as Termas e o  Palace Hotel do Bussaco, (Um solar de fadas na orla da montanha, mandado construir por D. Carlos I), mais em baixo a Quinta do Ortigão, pioneira na produção de espumantes, os monumentos da  Estação da Curia, o parque envolvente do Hotel nas Termas da Curia, com a sua vegetação luxuriante, a grandiosidade do Curia Palace Hotel e as Caves São Domingos em Ferreiros são motivos, mais que justos para uma visita a não perder.
O ponto de encontro este ano foi em Anadia  na Praça da Juventude, presentes à chamada, 32 companheiros, um dos quais pela pela 1ª vez ao fim de 40 anos (César Soares de Castro, soldado do 1º Gr. da Cart3514) e familiares num total de setenta e tal participantes, com muitos abraços, muitas recordações e palavras de ocasião.
Ao final da manhã partimos para o Restaurante Nova Casa dos Leitões, na Mealhada, para o já tradicional almoço convívio, à nossa espera, um buffet bem recheado de entradas, salgadinhos, rissóis, croquetes, presunto, queijos e grelhados, degustados com uns brancos, verdes e tintos, seguiu-se um excelente almoço de bacalhau recheado c/ presunto e o indispensável leitão como manda a tradição, doces, cafés, digestivos, as memórias e as histórias fizeram da tarde um momento de agrado, a finalizar, o bolo o champanhe, o hino da Cart, um abraço apertado.
Até para o ano em Alenquer
Ps. A cargo do nosso camarada Fernando Carrusca

1 comentário :

  1. Amigo e Camarada Carvalho:
    Estou profundamente grato pela simples postagem que fizeste. Captei a
    imagem e juntei-a aos convívios anteriores.
    Um abraço do Amigo e Camarada,
    Botelho

    ResponderEliminar