o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

terça-feira, 30 de junho de 2009

Comuna do Lutembo


29.06.2009
A directora provincial da Família e Promoção da Mulher no Moxico, Glória Ernesto Masseca, encorajou ontem (segunda-feira) as mulheres da cooperativa agrícola “Kukuava”, na comuna de Lutembo, município do Bundas, a engajarem-se nas actividades de combate à fome e pobreza.
A cooperativa existe há dois anos e é constituída por 30 mulheres, na sua maioria regressadas da vizinha República da Zâmbia, que se dedicam ao cultivo de milho, mandioca e outros produtos agrícolas.
Durante dois dias em visita de trabalho ao município dos Bundas (356 quilómetros do Luena), Glória Masseca realizou um ciclo de palestras sobre a “Violência doméstica” em que foram abordados temas como “Competências familiares”, “Fuga à paternidade” e o “Resgate dos valores morais e cívicos”.
As palestras tiveram como alvos as autoridades tradicionais, entidades religiosas, funcionários públicos, mulheres, jovens em geral e militares.
Ainda durante a sua estada na circunscrição, visitou a maternidade municipal onde entregou bens industriais e alimentares às mães de três bebés que nasceram esta semana naquela unidade hospitalar.
noticia AngolaPress

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O Arlindo prometera...!!

Antes do jantar brindando com um tchim-tchim esta nossa longa amizade
O Arlindo prometera uma visita na primeira oportunidade que surgisse na viagem Angola, Lisboa, Estados Unidos (Fresno), cheguei a ter algumas dúvidas em poder encontrá-lo, pois os escassos dois dias e algumas horas em Portugal, com uma agenda muito sobre-carregada, com assuntos e burocracias a resolver, deixou-lhe pouco tempo para os que com ele tentaram confraternizar. No dia da chegada, após me ter telefonado depois da saída do aeroporto de Lisboa, uma surpresa, com uma série de chamadas do Medeiros, Soares, Parreira e do Melo.
Tínhamos combinado almoçar na terça-feira no Entroncamento, aproveitando a deslocação para Aveiro onde passou dois dias em casa de Amigos, não foi possível, jantámos na quarta-feira aquando do regresso a Lisboa, nessa manhã foi visitado pelo António Duarte e o Vítor Melo, sempre a correr, como ele disse não dava para mais, mas na próxima vai meter ceia e serão a convite do Duarte, na Anadia. Nas duas horas do repasto contou o seu percurso desde a desmobilização em 74, a sua vida na Gabela, a partida para a América depois da confusão em Angola, uma experiência na Argélia e agora de novo em Angola na cidade do Uíge antiga Carmona, com uma Agro-Pecuária em parceria com sócios Angolanos, mas com a sua família e a sua vida devidamente estabilizada nos EUA.
Na hora da partida um abraço para todos os camaradas da Cart3514, e o desejo de estar em Fátima, no nosso próximo encontro.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Lumbala Nguimbo

Projectos Sociais para os Bundas
O administrador municipal dos Bundas, Júlio Augusto Kuando, apontou hoje (segunda-feira), 17 projectos sociais como prioridades para este ano, no âmbito do fundo da gestão local, com realce para educação, saúde, serviços comunitários, apoio constitucional e á criança. Em declarações à Angop, adiantou ter sido aprovada a construção de uma escola com seis salas de aulas, na sede municipal (Lumbala-Nguimbo), e uma residência para os professores. No sector da saúde serão construídos dois postos médicos em duas povoações, para encurtar as distâncias das populações que procuram serviços sanitários.
A construção de três jardins e um parque infantil, em comprimento dos 11 compromissos do governo com a criança, são outras prioridades da administração municipal do Bundas.
No quadro do programa do Ministério da Juventude e Desportos, denominado “Angola Jovem” está em construção, no Lumbala-Nguimbo, um bairro social com 40 casas e um centro comunitário para a juventude.
As obras vão mudar a imagem da vila situada 356 quilómetros a sul do Luena, além de minimizar a carência habitacional que os jovens enfrentam disse Júlio Augusto Kuando. O centro comunitário, apesar de ter pequenas dimensões, terá funções semelhantes às da Casa da Juventude. noticia AngolaPress

domingo, 14 de junho de 2009

Reecontro com o Vicêncio Carreira

Colina do Nengo 1973 - Na imagem César Correia, Simplicio Caetano, António Escaleira e Rego Correia, em cima o Fernando Carreira numa divertida brincadeira com o nosso antigo cozinheiro. Foto do álbum de César Correia

Há dias assim e ontem sábado foi um deles, aproveitando o dia de sol fui de abalada até S. Martinho do Porto na mira de um bom mergulho e um pouco de sol para curtir o bronze, mas não usufrui desse prazer, para lá da Serra D´Aires o tempo estava nublado e na costa até fazia vento, ainda resisti algumas horas na praia, mas a meio da tarde desisti, subi a serra do Mango, sobranceira á orla marítima, apreciando a sempre bonita paisagem da praia do Salgado e os amantes do Parapente e Asa Delta nos seus longos voos ao largo da vila piscatória da Nazaré. De regresso resolvi passar por Famalicão da Nazaré, aldeia onde morava o Fernando Vicêncio Carreira, era dos camaradas mais velhos da companhia, tomava conta da messe e do bar no Destacamento do Nengo e tinha uma mãozinha especial para os petiscos, era do recrutamento de 1965, mas quando resolveu deixar a faina do bacalhau, foi logo pescado pela tropa, motivo pela qual foi incorporado tão tarde...! Após o regresso á vida civil, esteve novamente embarcado alguns anos na Soponata, emigrando posteriormente para o Canadá, onde reside á muitos anos. Um impulso, levou-me a procurar a um vizinho da terra se o conhecia, resposta imediata, o Fernando chegou ontem para passar férias, está ai em casa. Não me reconheceu imediatamente, mas depois daquele abraço, as perguntas em catadupa, o que é feito do pessoal, citando alguns com recordações e factos, se nos encontrávamos regularmente, enfim um desfiar de questões e muita curiosidade sobre todos nós, troca de contactos, muita vontade de ver o conteúdo do nosso blog, as fotos as histórias, os convívios, dizia-me que muitas vezes ao ver na RTP/Int. em rodapé anúncios de encontros anuais de outros camaradas se emocionava e lembrava muito do nosso passado no leste de Angola. Assim que a minha Filha chegar vou lhe pedir para abrir a Internet para ver se ainda reconheço a rapaziada, devem estar como eu, ou para lá caminham...! Na hora da despedida a vontade implícita de para o ano vir de férias em Setembro afim de rever amigos e celebrar connosco o 36º aniversário da passagem á peluda. Um abraço a todos do Fernando Carreira

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Lumbala Nguimbo

07.06.2009
Governo investe mais de um bilião de kwanzas em projectos sociais
Municipio dos Bundas - Mais de um bilião de Kzs foram disponíveis para a implementação de novos projectos sociais este ano e a conclusão dos que iniciaram em 2008, na província do Moxico, disse sábado o director do Gabinete de Estudos e Planeamento (GEP) do governo local, Baptista Paulino.
Consta dos projectos a construção e reabilitação de escolas, dos sistemas de captação e distribuição de água e energia eléctrica em algumas sedes municipais e comunais, de casas mortuárias e a conclusão do complexo do Instituto Superior Politécnico.
Baptista Paulino, que balanceava a digressão que o governador do Moxico, João Ernesto dos Santos "Liberdade", efectuou quarta-feira às comunas do Lucusse (município-sede), Luvuei, Lutembo e a sede municipal dos Bundas (Lumbala-Nguimbo), disse haver atrasos na conclusão de algumas acções.
O responsável explicou que alguns empreiteiros encontram constrangimentos na aplicação da suas tarefas, por causa das longas distâncias que separam as fontes de aquisição de materiais de construção e os locais de implementação dos projectos.
O estado de degradação das vias de acesso é uma outra dificuldade, por isso, far-se-á o reajustamento de certos projectos para corresponderem com a realidade local.
Na vila do Lumbala-Nguimbo, 356 quilómetros a sul do Luena, estão em construção desde o ano passado 40 casas sociais para a juventude, no âmbito do projecto "Angola Jovem", das quais, apenas 12 estão erguidas e destas, duas na fase conclusiva.
Na mesma circunscrição está em curso a construção de um centro comunitário para a juventude, no quadro do mesmo projecto, que concluído proporcionará formação básica aos jovens locais e momentos de lazer.
O governador provincial deixa neste domingo, a sede municipal dos Bundas em direcção aos municípios do Alto-Zambeze e Luau para avaliar o grau de execução e os efeitos positivos dos programas sociais.
noticia AngolaPress

Lumbala Nguimbo


05.06.2009
Governador trabalha no município dos Bundas
O governador do Moxico, João Ernesto dos Santos "Liberdade", trabalha desde quinta-feira no município dos Bundas, a 360 quilómetros a sul do Luena, para se inteirar das obras em curso na circunscrição, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP). Segundo o programa de visita, enviado à Angop, durante dois dias, o governante avaliará a construção de 40 casas sociais e do centro comunitário para juventude, uma escola com três salas de aula e dois campos de futebol 11 que estão a ser erguidos nas localidades de Lucusse e Luando. Visitas a cinco pontes que estão ser reabilitadas no troço rodoviário que liga a sede municipal (Lumbala - Nguimbo) à comuna do Ninda constam igualmente da sua agenda de trabalhos. Na sua deslocação, João Ernesto dos Santos faz-se acompanhar de membros do seu pelouro, devendo constatar também as obras das sedes administrativas das comunas do Lutembo, Lucusse e Luvuei.
noticia AngolaPress

terça-feira, 2 de junho de 2009

Caros Camaradas da Cart.3514

Comentário:
Sou um visitante assíduo da vossa página, que considero muito bem elaborada e que me transporta para sítios bem conhecidos. Sou um elemento da 2042ª Cª de Comandos e por isso creio que nos encontrámos no mesmo palco da Guerra. Estive no Leste desde Setembro de 73 a Maio de 74, e vocês devem recordar aquela grande emboscada à minha Companhia no dia 15 de Novembro de 1973 entre o Luvuei e o Lutembo quando íamos a caminho de Gago Coutinho para operar em Ninda. Tudo isto para dizer, e querer saber se eram vocês que estavam nessa altura lá! Eram tempos difíceis Camaradas, mas que tiveram o condão de solidificar esta amizade que se vê nos encontros-Convívios!!
Em jeito de informação o site da minha Companhia http://www.2042comandos.com/ e a minha página pessoal http://www.2042comandos.blogspot.com/
Um abraço a todos os camaradas dos Panteras Negras.
Robim
nr. Camarada Robim de facto eramos nós , chegámos a Luanguinga no sector de Gago Coutinho em 11 de Abril de 72 e saímos em Junho de 74 da colina do rio Nengo a meio caminho na picada entre G. Coutinho e Ninda, local do destacamento onde estava sediado o Comando Operacional da CArt3514, foram 27 meses de comissão no Cu de Judas que enraizaram esta amizade pura e dura que narras no teu comentário.