o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Imagens D`Outrora

Do àlbum de Serafim Gonçalves


Na imagem o Gonçalves de "Racal" ás costas, o saudoso Francisco Saramago, Gilberto, Parreira e Simões do 3º grupo numa op de protecção.

Na imagem ??, Matos, Arlindo da Moeda, Lopes Gonçalves, Eliseu, Pereirinha, Esteves e Parreirinha, em baixo sentados o Serafim Gonçalves e ??, á volta da lareira numa manhã fria na época do cacimbo.

Na imagem em primeiro plano o Liberto Horta Rodrigues, Serafim Gonçalves, Francisco Saramago e Matos na companhia da rapaziada da Ccs do Bcav. 3862 em cima dos burrinhos de mato em Gago Coutinho

terça-feira, 28 de julho de 2009

A Malta vai "Ressuscitando"


José Barraca e César Castro
Há dias falava com o Vítor Melo pelo telefone acerca da vinda do Arlindo Sousa a Portugal, e também de alguns colegas que nunca estiveram presentes nos convívios anuais, dizia o Melo que o César Soares de Castro do 1º pelotão morava em S. Maria de Lamas, eu sabia que ele tinha jogado futebol nas camadas jovens do União de Lamas, aguçou-me a vontade de o procurar, uma busca na net á junta de freguesia de Lamas, um contacto, um mail para o Sr. Presidente, e uns dias mais tarde uma resposta do Sr. Secretário da Junta, primeiro através do telef. e depois por mail, o Sr. Castro mora aqui na freguesia na rua tal e tal, um telefonema, uma grande surpresa para ele como é óbvio, faz parte do Rancho Folclórico de S. Paio de Oleiros, meia hora ao telefone, e mais uma dica sobre outro colega que julga, fazer parte dos Bombeiros de Crestuma, o José Moreira Barraca do 3º pelotão, mais uma pesquisa, mais um contacto, mais um telefonema, mais uma boa noticia deste nosso camarada, já está reformado da C.M. de Gaia à uns anitos, ficou também ele espantado, não faziam ideia de que a rapaziada da Cart3514 se encontrava regularmente em convívios, pois nunca ninguém os havia convidado, aliás o Barraca foi peremptório a perguntar onde era este ano o convívio, conversa puxa palavra, quando ele me diz conhecer o paradeiro do Manuel das Neves Tavares (Rádio Telegrafista), prometeu procurá-lo para lhe dar noticias e pedir o contacto, vai ser duro e dificil encontrar toda a gente, mas isto é como a bola de neve, uns arrastarão outros, pois há sempre alguém que conhece outro alguém, vamos com calma que está a dar frutos.
Na hora da despedida expressaram a vontade e o desejo de estarem presentes no próximo convivio, e um grande abraço a todos os antigos camaradas de armas que com eles conviveram no leste de Angola
Adeus até ao meu regresso..!!

terça-feira, 7 de julho de 2009

Recordações D´Outrora

De Octávio Botelho
Aqui estou de novo, com uma imagem captada nos já distantes anos de 73 – 74, na Sede da Cart 3514, no acampamento do Nengo, em data que já não recordo!... Tendo ir vasculhar as minhas recordações guardadas não em Álbuns, mas em gavetas, pois neste clima em que vivo, as fotos se conservam melhor assim e as que se guardam em álbuns, estragam-se muito rapidamente e ficam irreconhecíveis.
Apesar da idade da foto, são perfeitamente reconhecíveis os elementos que a compõem e assim, aqui vão as suas identificações: Na fila superior: Vicêncio Carreira, Liberto e (meio escondido) o César Correia...Na segunda fila: Alf.Rodrigues, Fur.Medeiros, Fur.Diogo, Fur. Raul de Sousa e eu…Na terceira fila: Fur. Parreira, Fur. Cardoso da Silva e Fur.Duarte.
Ao olhar para esta fotografia e tendo bem presente o recente encontro que tivemos na Quinta da Provença, próximo de Alenquer, no nosso convívio deste ano, verifiquei os efeitos deste período de tempo , de 36 anos, e ao quanto nos mudou, a todos, sem excepção e, dessa verificação nasce uma natural nostalgia, não da situação vivida nessa distante época, mas sim da nossa idade, da convivência quase familiar que havia e da nossa saúde que, naquele tempo, nem pensávamos e sonhávamos que teria a panorâmica que hoje, a todos, de um modo ou de outro, se nos apresenta inexorável!...
Mas que há a fazer contra esses nefastos efeitos do tempo que sobre nós passou?... E eu respondo: Nada, meus caros camaradas!...Só temos que ir levando a nossa vida o melhor possível, sem nos preocuparmos muito com contrariedades que, certamente nos surgirão e seguindo em frente para o dia seguinte que será sempre melhor que o dia de ontem e o dia de hoje!...
Até, pensando bem, seria bom ir até projectando e programando o convívio previsto para o próximo ano, pois que, meus caros amigos, para mim, que sou um bocado mais velho que vós, já aprendi que devemos aproveitar ao máximo o tempo de vida que nos resta, da melhor maneira possível, enquanto nos for possível!...
E, com toda a franqueza vos digo que, só por total impossibilidade, faltarei ao convívio do próximo ano que, espero, o nosso camarada Carvalho organizará com a maestria que lhe é reconhecida!...
Entretanto , enquanto se espera por isso, vou, periodicamente, revolvendo a minha gaveta com fotos e revendo e relembrando muitos episódios e personagens de ocorrências passadas há muitos anos(quase uma vida, ou para alguns, uma vida!) que assim, continuam vivas e actuais, como se fossem acontecidas há muito pouco tempo, quase diria, sem exagerar, ontem!...
Sim é claro que é pura fantasia!(sejamos realistas)!...Mas acreditem, pois é uma verdade: A fantasia ajuda-nos, em muito, a ultrapassar os contratempos que a vida nos coloca debaixo dos pés, para nos fazer cair e tropeçar e isso devemos evitar o mais possível e a todo o custo!...
Este já vai longo e a sua extensão só se justifica pela minha já longa ausência do Blogue da CArt 3514 e destas lides literárias!...
Termino enviando cordiais saudações a todos os elementos da CArt 3514, aos eventuais visitantes deste Blogue e um abraço para os restantes colaboradores.
Octávio Botelho

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Imagens D´Outrora

Do àlbum de Bernardino Candeias Careca


Nesta como em quase todas as imagens ligadas ao futebol da época em Gago Coutinho o Careca era sempre o dono da bola, como aqui frente á equipa da CCS do BCav.3862, mas o inédito desta foto é a Igreja da Vila regida pela Missão de S. Bonifácio, situada em cima á esquerda, que a maioria de nós sabia da sua existência pois ao Domingo era local de culto para uns e de devoção para outros que apenas participavam no Santo Sacrifício da Saída, decerto que hoje a tantos anos de distãncia, não se recordariam da forma nem da sua localização aqui patente neste retrato.


Na colina do Nengo á três decadas já se jogava futebol de praia e vóleibol, só faltava o mar, mas o rio não era muito longe, o areal ficava situado á esquerda da picada na entrada do destacamento, em cima á esquerda era o paiol, local onde o pessoal está empoleirado a ver a futebolada
Um abraço

Decerto ninguém se lembrava desta imagem do átrio do Comando em Luanguinga construído pela Ccaç.3770, com uma mensagem de louvor do seu Cmdt aos soldados que a edificaram, inscrita num painel, com a seguinte citação:
"E depois desta, outras obras se farão, por outros homens que fechando os olhos á cor da pele, construirão essas casas e viverão em comunidade segundo as leis que eles próprios criaram, e o que dantes era nada, depois de ser alguma coisa, tem possibilidade de ser tudo e podes estar certo soldado de que esses homens jamais esquecerão que foste tu o verdadeiro agente desta obra, quando humildemente assentaste a primeira pedra dos alicerces desta casa. O Cmdt da C.caç 3370"

Imagens D´Outrora

Do álbum de António Manuel Parreira



Na imagem em amena cavaqueira o Dias Monteiro, Parreira, Mauricio Ribeiro e Raul de Sousa

Na imagem em baixo: Costa e Silva, Ermandino Nunes, Lagarto, Pereirinha, Cardoso da Silva, Aguiar, Ribeiro, Serafim Gonçalves, Vieira e Zé Abreu. Em cima: Simões, ?, ?, ?, Esteves, Parreira, Gilberto Nunes, Gonçalves, Arlindo da Moeda e Barraca. Quem souber os nomes dos camaradas de Cabo Verde, faça favor de dizer é um desafio que lanço aos seus camaradas do 3º grupo, e o local onde foi captada, fico á espera...!!
No último encontro em Maio recebi do Manuel Parreira umas dezenas de fotos em suporte digital e trouxe os álbuns do Bernardino Careca e do Serafim Gonçalves para digitalizar e reparar algumas fotos, pois com o tempo vão se detiorando, estão prontos e acabados com muitas imagens inéditas que vão começar a ser publicadas.
um abraço

Destacamento do 3º Grupo junto á ponte do rio Nengo no meio dos eucaliptos, com o Parreira e o Zé Abreu atravessando a estreita estrutura de madeira onde mal cabia o rodado das nossas berlliets, sinceramente não me recordava de aqui ter havido um acampamento nestas condições sem protecção de ordem alguma.