o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

domingo, 9 de outubro de 2011

Noticias de Lumbala Nguimbo

Placa toponímica
 Educação -
Pelos menos 160 novos professores e 40 salas de aulas são precisos no município dos Bundas, para cobertura da rede escolar e inserção de crianças fora do ensino, no próximo ano lectivo. A preocupação foi manifestada hoje, na vila de Lumbala-Nguimbo, sede municipal dos Bundas, pelo chefe da Repartição local da Educação, André Catongo explicou que a Repartição actualmente controla 160 professores e 40 salas de construção definitiva, números ínfimos tendo em conta a explosão escolar que se regista naquela circunscrição nos últimos anos. Neste ano lectivo prestes a terminar, segundo André Catongo, estão registados 17.335 alunos da iniciação à 9ª classe e 5.412 ficaram fora do sistema de ensino por insuficiência de professores e salas de aula. Solicitou igualmente a introdução da merenda escolar, como forma de incentivar as crianças a permanecerem nas escolas.
As comunas de Luvuei e Lutembo, no município dos Bundas, vão ainda este ano contar com novas infra-estruturas escolares e sanitárias, no quadro da implementação do programa de desenvolvimento rural e combate à pobreza. Segundo a Angop de fonte oficial, em cada sede comunal, está em construção uma escola primária com quatro salas de aula cada, um posto de saúde e residências para os respectivos quadros. Igualmente estão a ser instalados sistemas de captação, tratamento e distribuição de água potável e de iluminação pública, que irão melhorar o atendimento das populações e mudar a imagem das duas localidades.
Na mesma perspectiva, a localidade de Lucula, 30 quilómetros a norte da vila de Lumbala Nguimbo, está em construção uma escola primária com igual número de salas de aula, um posto de saúde e duas residências para professores e enfermeiros.
Na sede do município (Lumbala Nguimbo) está em execução a reabilitação e ampliação de uma escola primária e construção de um depósito de medicamentos e um armazém para produtos agrícolas. O município dos Bundas conta com uma população estimada em mais de 70 mil habitantes, subdivididos em sete comunas, que na sua maioria se dedica na agricultura, caça e pesca artesanal.

  • AngolaPress
  • Sem comentários :

    Enviar um comentário