o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Lumbala Nguimbo - Municipio dos Bundas

Língua Nacional Mbunda
Descritivo:
A área linguística do MBUNDA tem-se modificado ao longo dos anos: inicialmente ficava compreendida entre a margem direita do rio Lungue-Bungo no seu percurso da Republica Popular de Angola até à fronteira com a República da Zâmbia, e ao longo dos rios Luconha, Cuvanguí até ao rio Cuando, nomeadamente o município de Cuando, a comuna de Cangombe, percurso do rio Cuando até à fronteira com a actual República da Zâmbia. Presentemente a sua área em Angola restringiu-se com as migrações no século XIX, tendo-se a referida população fixado na Zâmbia, província do Mongu, e passado a denominar-se MBunda/Kamuka, após modificações de alguns usos e costumes. Migrações em 1914, com a prisão do rei Mwene MBandu, tendo-se os deslocados fixado no interior da Zâmbia, distrito de Kaoma, e conservado os seus usos e costumes. As migrações provocadas pelas Guerras de Libertação Nacional. Os MBundas em Angola estão presentemente circunscritos no Município dos MBundas, em Lumbala Nguimbo, que compreende as comunas de Luvuei, Lutembo, Mussuma, Ninda e Cumi.
Textos extraidos do livro: "Histórico sobre a criação dos alfabetos em línguas", Pelo Instituto Nacional de Línguas lda, INALD - 1980.

Sem comentários :

Enviar um comentário