o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

sábado, 1 de setembro de 2012

Comicio no Lumbala Nguimbo

O primeiro secretário provincial do MPLA no Moxico, João Ernesto dos Santos "Liberdade", exortou quarta-feira, os militantes do seu partido e população a manterem-se vigilantes quanto às promessas, calúnias e mentiras de outros partidos concorrentes ao pleito eleitoral de 31 de Agosto. Aquele responsável do MPLA fez este apelo quando orientava um acto de massas na vila de Lumbala-Nguimbo, sede municipal do Bundas, no quadro da campanha eleitoral que decorre no país de 29 de Julho até 29 de Agosto, que serviu ainda para transmitir o programa de governo para o período de 2012/2017, que reflecte um compromisso que o MPLA tem quanto às aspirações do povo angolano. "O MPLA é um partido que ao longo da sua existência deu provas da sua maturidade política como um partido que sempre esteve interessado na resolução dos principais problemas da população para o seu bem-estar social", disse. João Ernesto dos Santos sublinhou que a realidade é sentida e vista por todos angolanos, porque em todo o país foram construídas e reabilitadas infra-estruturas sociais e económicas, que estão a proporcionar melhores condições de vida às populações e ao desenvolvimento sustentável. No caso concreto da circunscrição dos Bundas, apontou que em dez anos de paz foram construídas e recuperadas infra-estruturas escolares, hospitalares, sistemas de captação e distribuição de água, energia eléctrica, estradas, pontes, infra-estruturas administrativas, entre outras. Por este facto, pediu à população para acreditar no programa do MPLA, que visa construir mais infra-estruturas de impacto social e económicas, bem como a implementação de micro créditos aos camponeses e jovens com iniciativas de empreendedorismo. “Para que se concretize este programa de governo, o MPLA necessita de um voto de confiança dos eleitores no próximo pleito eleitoral de 31 de Agosto, razão pela qual é necessário mobilizar e sensibilizar os eleitores para votar a favor do partido e no candidato José Eduardo dos Santos.
  • AngolaPress
  • Sem comentários :

    Enviar um comentário