o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

terça-feira, 7 de julho de 2009

Recordações D´Outrora

De Octávio Botelho
Aqui estou de novo, com uma imagem captada nos já distantes anos de 73 – 74, na Sede da Cart 3514, no acampamento do Nengo, em data que já não recordo!... Tendo ir vasculhar as minhas recordações guardadas não em Álbuns, mas em gavetas, pois neste clima em que vivo, as fotos se conservam melhor assim e as que se guardam em álbuns, estragam-se muito rapidamente e ficam irreconhecíveis.
Apesar da idade da foto, são perfeitamente reconhecíveis os elementos que a compõem e assim, aqui vão as suas identificações: Na fila superior: Vicêncio Carreira, Liberto e (meio escondido) o César Correia...Na segunda fila: Alf.Rodrigues, Fur.Medeiros, Fur.Diogo, Fur. Raul de Sousa e eu…Na terceira fila: Fur. Parreira, Fur. Cardoso da Silva e Fur.Duarte.
Ao olhar para esta fotografia e tendo bem presente o recente encontro que tivemos na Quinta da Provença, próximo de Alenquer, no nosso convívio deste ano, verifiquei os efeitos deste período de tempo , de 36 anos, e ao quanto nos mudou, a todos, sem excepção e, dessa verificação nasce uma natural nostalgia, não da situação vivida nessa distante época, mas sim da nossa idade, da convivência quase familiar que havia e da nossa saúde que, naquele tempo, nem pensávamos e sonhávamos que teria a panorâmica que hoje, a todos, de um modo ou de outro, se nos apresenta inexorável!...
Mas que há a fazer contra esses nefastos efeitos do tempo que sobre nós passou?... E eu respondo: Nada, meus caros camaradas!...Só temos que ir levando a nossa vida o melhor possível, sem nos preocuparmos muito com contrariedades que, certamente nos surgirão e seguindo em frente para o dia seguinte que será sempre melhor que o dia de ontem e o dia de hoje!...
Até, pensando bem, seria bom ir até projectando e programando o convívio previsto para o próximo ano, pois que, meus caros amigos, para mim, que sou um bocado mais velho que vós, já aprendi que devemos aproveitar ao máximo o tempo de vida que nos resta, da melhor maneira possível, enquanto nos for possível!...
E, com toda a franqueza vos digo que, só por total impossibilidade, faltarei ao convívio do próximo ano que, espero, o nosso camarada Carvalho organizará com a maestria que lhe é reconhecida!...
Entretanto , enquanto se espera por isso, vou, periodicamente, revolvendo a minha gaveta com fotos e revendo e relembrando muitos episódios e personagens de ocorrências passadas há muitos anos(quase uma vida, ou para alguns, uma vida!) que assim, continuam vivas e actuais, como se fossem acontecidas há muito pouco tempo, quase diria, sem exagerar, ontem!...
Sim é claro que é pura fantasia!(sejamos realistas)!...Mas acreditem, pois é uma verdade: A fantasia ajuda-nos, em muito, a ultrapassar os contratempos que a vida nos coloca debaixo dos pés, para nos fazer cair e tropeçar e isso devemos evitar o mais possível e a todo o custo!...
Este já vai longo e a sua extensão só se justifica pela minha já longa ausência do Blogue da CArt 3514 e destas lides literárias!...
Termino enviando cordiais saudações a todos os elementos da CArt 3514, aos eventuais visitantes deste Blogue e um abraço para os restantes colaboradores.
Octávio Botelho

Sem comentários :

Enviar um comentário