o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Reliquias do Passado

O Pré
O César Correia fez questão de me enviar, este pequeno tesouro guardado religiosamente, à mais de trinta anos no seu baú de recordações, que não resisti em publicar, são estes pequenos nadas, que nos ajudam a lembrar as memórias do passado. Quatro notas emitidas pelo banco de Angola, o equivalente a dois ordenados mensais, que era na altura o Pré que um soldado auferia em África, qualquer coisa como oitocentos e tal escudos. Com esta massa na altura comprava-se muita cerveja, Cuca, Nocal e Eka, muito tabaco, bué de crika, até dava quase para tirar a carta de condução, só no Pica-Notas (Boite Pica-Pau) é que não comprava nada, só com camanga na algibeira.



Sem comentários :

Enviar um comentário