o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

quarta-feira, 21 de março de 2012

Aventuras de Julian e o seu Fiel Escudeiro

Há dias pesquisava o You Tube e despertou-me a curiosidade do titulo dum vídeo, sobre as "Aventuras de Julian e seu Fiel Escudeiro", abri a parte 1 e na tela surge um globo com uma trajectória animada e a  seguinte mensagem  Alenquer-Cabo Norte-Cabo Roca (I) lembrei-me dum nosso antigo camarada de armas, mas longe de o ligar a esta história, passadas algumas imagens, reconheço este afamado e reconhecido amante das duas rodas, realizando a ligação entre o Cabo da Roca, situado na parte mais ocidental da Europa, ao North Cape situado lá nos confins da Noruega muito próximo do pólo, numa viagem de moto, em velocidade de cruzeiro, à média horária de 61,9 km durante 219 horas num total de 13.487 kms, que podem apreciar clicando nos links em anexo.
.
Cardoso da Silva algures na Peninsula da Escandinavia

Cardoso da Silva, imagens duma aventura em duas rodas
Part 1 -  http://www.youtube.com/watch?v=vn-Z4r4cmOA

3 comentários :

  1. João Medeiros22 março, 2012 10:02

    Com a idade fomos cimentando o que somos. Que alegria, por verificar que é possível ver realizar na maturidade os sonhos da mocidade.

    Um Abraço
    João Medeiros
    (O S.Miguel)

    ResponderEliminar
  2. Pois é isso mesmo, João. Como dizia o poeta,"O sonho comanda a vida".Tinha estado à 17 anos, em Copenhaga, para fazer este percurso. Por razões várias,fui forçado a voltar para casa.O sonho continuou vivo, e depois de todos estes anos, foi concretizado.Um grande abraço.Manel.

    ResponderEliminar
  3. Também quero agradecer ao Octávio Botelho, a partilha destes momentos, que vivi, e que tanto gozo me deram, e à minha mulher.
    PS - a minha moto é a preta.
    Um abraço
    Cardoso da Silva

    ResponderEliminar