o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

quinta-feira, 12 de março de 2009

Documentos D´outrora (5)

Delegacia de Saúde dos Bundas
-Certificados de Vacinação-
Estes documentos foram guardados religiosamente até aos dias de hoje, retratam um pouco dos cuidados sanitários que eram impostos e cumpridos á regra pelos nossos camaradas da área de saúde sempre que os prazos de vacinação caducavam, trabalho este a cargo do nosso fur. Enf. José Manuel Fonseca Marques e dos adjuntos Zé Abreu, Jomi, Rodrigues e Elísio Soares que muitas vezes nos ajudaram com muita paciência e dedicação nos problemas de saúde que surgiram ao longo da comissão. 1-Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela, só era válido se a vacina usada fosse aprovada pela Organização Mundial da Saúde, e o centro de vacinação estivesse habilitado pela administração sanitária do território, a validade deste Doc. tinha a duração de dez anos após a data da vacinação.
2-Certificado Internacional de Vacinação contra a Varíola, abrangia um período de três anos, com inicio oito dias após a data da primo-vacinação efectuada com resultado (inserção).
3-Certificado Internacional de Vacinação contra a Cólera, com duração de seis meses a começar seis dias depois da primeira injecção da vacina ou logo após a revacinação.
Certificado Vacinação (Cólera).
Documento individual atribuído a cada militar em comissão no ultramar, que certificava a vacinação ou revacinação, com o carimbo de autenticação conforme o modelo prescrito pela Administração Sanitária do território onde era efectuada.
No documento acima a primeira vacina foi administrada pelo Serviço de Vacinação de Évora no (RAL3) Regimento de Artilharia Ligeira 3, em 20/03/72 a poucos dias do embarque para África, as restantes foram administradas já no leste de Angola pela "Delegacia de Saúde dos Bundas " no Sector Militar de Gago Coutinho conforme o exemplar autenticado com os respectivos carimbos dos serviços de saúde local.

Sem comentários :

Enviar um comentário