o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Imagens D´Outrora

De Eduardo Barros
Este velho companheiro de Valença do Minho foi em Angola o "repórter de serviço" da Cart3514, andava sempre com a sua "câmara fotográfica" a tiracolo, retratou decerto quase todos os camaradas da companhia, as festas, os convívios e toda a paisagem envolvente que trilhámos ao longo dos dois anos de comissão, todos nós temos hoje nos nossos álbuns de recordações em África imagens captadas pela sua objectiva. Já lhe tinha solicitado á tempos atrás o envio de algumas imagens do seu espólio, chegaram este ano, dúzia e meia com as amêndoas da Páscoa e a promessa de mais algumas numa próxima oportunidade.
Èvora
Na imagem o Eduardo Barros, Marques dos Santos, António Escaleira e o Teotónio Guímaro na cozinha de campanha, confeccionando o rancho no decorrer do I.A.O. na zona de Valverde em Évora em Dezembro de 71, á direita um grupo de camaradas Caboverdianos em amena cavaqueira.( Já nessa altura se reclamava pela ASAE...!!)
Nova Lisboa
Em Abril de 72 na estação do Caminho de Ferro em Nova Lisboa de trouxa aviada a caminho do leste, em primeiro plano, David Monteiro, fur. Eduardo Barros, Manuel dos Santos Roque e o fur. Ramalhosa que se encontra emigrado na Austrália, sem contacto desde a nossa chegada á Metrópole em 1974.
Ninda
Nas terras do fim do mundo a comuna de Ninda onde chegámos a estar uns meses no final da comissão, em primeiro plano o Musseque com alguns kimbos de construção quase primitiva, os emblemáticos eucaliptos da aldeia, ao fundo a chana do Rio Ninda e a picada rasgando a mata em direcção ao Nengo e Gago Coutinho.

Sem comentários :

Enviar um comentário