o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Gago Coutinho - Comemoração da Independência Nacional

Lumbala Nguimbo, 11 Novembro 2008
O governador da província do Moxico, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, destacou hoje, terça-feira, a importância da Independência Nacional, como a maior vitória alcançada pelo povo angolano, depois de longos anos de luta contra o regime colonial português.
Falando no acto central provincial alusivo à comemoração dos 33 anos da Independência Nacional, o governante enalteceu os sacrifícios dos angolanos na luta pela dignidade e identidade nacional. Apelou ao maior engajamento da população na reconstrução do país e enalteceu os feitos do País, no que concerne a construção e reconstrução de infra-estruturas sociais, económicas e administrativas, que visam melhorar a qualidade de vida das populações naquela localidade e não só.
Durante o comício, João Ernesto dos Santos frisou que a paz, alcançada em 2002, é um outro factor importante para o desenvolvimento de Angola.
Assistiram ao acto membros do governo provincial do Moxico, do conselho consultivo das Forças Armadas Angolanas (FAA) e Polícia Nacional, entidades tradicionais, representantes dos partidos políticos, entre outras entidades.
noticia AngolaPress

Sem comentários :

Enviar um comentário