o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

sábado, 20 de dezembro de 2008

Ano Novo 73/74 /Nengo

Na imagem os camaradas António Duarte, Fonseca Marques, Dias Monteiro, Botelho, Diogo, Barros e Vicêncio Carreira

Caros Amigos:
Aqui me tem novamente para recordar este momento da passagem do ano de 73/74 (quase 35 anos), mas que estarão sempre presentes nas recordações de todos nós que fizemos parte desses mesmos acontecimentos que, mal-grado as circunstâncias, serão lembrados enquanto viver um de nós.
Também é motivo da minha presença o "post" recém publicado pelo amigo Carvalho, mas escrito pelo amigo Monteiro e quero manifestar-lhe a minha satisfação pela sua aparição neste "blog" e agradecer-lhes as palavras que me dirige e muito mais ainda por me dar o elogioso epíteto de "muito miliciano". Quanto ao restante, nada mais fiz que o meu dever. Mas não quero deixar de dizer-lhe que ele não foi o primeiro a dar-me tal rótulo, pois a verdade é que o primeiro a dar-mo não foi com boas intenções, pois que essa atitude partiu de um camarada do QP que se foi queixar de mim ao Cmdt de Compª, dizendo-lhe que eu não acamaradava com o pessoal do QP, mas sim com os milicianos. Pudera não!... Os queixosos estavam permanentemente metidos dentro do "arame" e eu, como furriel recém promovido estava contínuamente em operações com os milicianos, pois quando isso aconteceu, foi na minha primeira comissão (Bastante dura!...) e até parecia que os Comandos queriam terminar a guerra, sobrecarregando-nos com operações a todos os níveis (ZMA, Sector, Batalhão e até a Companhia)... Mas isto já está a fugir ao que interessa!... Sei que o Monteiro visita este "blog" e quero dizer-lhe que vou "cobrar" a promessa que fez no seu escrito e transcrevo" Sou capaz de lhe oferecer uma primeira edição do Dicionário com a nova grafia do Acordo, quando ela sair".
Falando agora de outro assunto e sobre a foto que anexo, os figurantes são: Duarte, Marques,
Monteiro, Botelho, Diogo, Barros e Vicêncio Carreira. A foto foi tirada em frente da messe de Sargentos, na passagem de Ano de 73/74.
Botelho

1 comentário :

  1. Amigo Botelho o fur Raúl de Sousa não faz parte do pacote é o Barros que também era do 4º, não se preocupe que eu faço a correção do lapso, está bem.
    Um abraço

    ResponderEliminar