o0o A Companhia de Artilharia 3514 voou para Angola no dia 2 de Abril de 1972 (Domingo de Páscoa) num Boeing 707 dos Tams e regressou no dia 23 de Julho de 1974, após 842 dias na ZML de Angola, no subsector de Gago Coutinho, Provincia do Moxico o0o Rendemos a CCAÇ.3370 em Luanguinga em 11 de Abril de 1972 e fomos rendidos pela CCAÇ.4246 na Colina do Nengo em Junho de 1974. Estivemos adidos ao BCav3862 e depois ao BArt6320 oOo O Efectivo da Companhia era composto por 172 Homens «125 Continentais, 43 Cabo-Verdianos e 4 Açorianos» oOo

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

De Carocinho Jr.

Foi o primeiro destacamento para lá do rio Nengo, que poucos dias depois recebeu a visita do nosso Capitão Rui Crisóstomo dos Santos, aqui na imagem na companhia do Carvalho, Carocinho, Carmo, Alf. Rodrigues, fur. Monteiro, Resende e á civil o operador da buldozer que fazia a desmatação á qual o 1º pelotão dava protecção.

Comentário em "Pescaria Artesanal":
Anónimo disse...
È com muito gosto que vejo esta foto do meu pai " Carocinho " com os seus camaradas , ele falou-me deste blog e disse-me para ver os tempos dele em Angola, e eu quero felicitar os editores, porque acho que é muito giro recordarem os vossos tempos, e estarem sempre em contacto uns com os outros, afinal de contas eram como que uma família... PARABÉNS.
29 Dezembro, 2008 23:04

Nr। Caríssimo Amigo Carocinho Jr é com imenso prazer que lemos este teu comentário acerca dos camaradas da Cart3514 e bem podes crer que esta amizade, existente entre nós é de facto muito forte e da qual nos orgulhamos bastante, quero-te dizer também que foi com homens como o teu Pai, que conseguimos construir esta união, com lealdade, empenho e camaradagem, sempre disponíveis quando era necessário trabalhar e ajudar, sempre disponíveis quando era para brincar, mas sempre com respeito e amizade, e o António Jacinto Penacho Carocinho era dos mais carismáticos entre todos nós, com ele íamos para todo o lado na sua berliett, apenas um senão aquelas pontes estreitas do leste que ele teimava em passá-las de prego na chapa, não passava nas pontes, voava por cima das pontes, dizia ele com orgulho desmedido depois do perigo passado.

Um abraço

1 comentário :

  1. CAROCINHO...QUE GIRO ENCONTRAR O MEU SOBRENOME POR AQUI.....
    CHAMO-ME ROSALINA CAROCINHO, VIVO EM ANGOLA E CREIO QUE O PENACHO CAROCINHO ME DEVE CONHECER,POIS O NOME É MUITO CONHECIDO DENTRO DA MINHA FAMILIA!!!!SOU FILHA DE MARIA OLIVIA CAROCINHO DE BEJA E DE ANTONIO PARRINHA!!!!
    QUE MARAVILHA.....QUANTO AO TEMPO DE GUERRA FELIZMENTE AGORA ESTAMOS NUM PAIS LINDO E EM PAZ!!!ESSES TEMPOS MALDITOS JA PASSARAM APESAR DE SE TEREM FEITO GRANDES AMIZADES E GRANDES HOMENS....
    BEIJINHOS PARA TODOS!

    ResponderEliminar